A associação aconselha os consumidores a devolverem os produtos e a pedir o reembolso à Worten e à Auchan, que asseguram a devolução. Veja que modelos que incendiaram e falharam nos testes de qualidade.

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) anunciou que os secadores de cabelo Becken BPHD 2663 e Selecline 871466/RW807B chumbaram no seu teste de qualidade por serem perigosos.

A associação aconselha a quem tenha estes produtos em casa a devolvê-los às lojas e a pedir o reembolso à Worten e à Auchan, que comercializam as marcas e asseguram a devolução do montante pago inicialmente.

“Estes não foram os únicos secadores a falhar no teste à segurança elétrica. Encontrámos outros dois produtos perigosos: Rowenta CV5384 e Taurus Alize Evolution 2200”, asseguram os especialistas da Deco.

Na mesma nota tornada pública, a Deco refere que, em laboratório, o modelo da Selecline “incendiou-se porque a temperatura no interior subiu quando reduzimos a velocidade do motor e o fluxo de ar emitido pela ventoinha” e que com o aparelho da Becken aconteceu o mesmo perante um bloqueio do motor.

“Segundo a Worten, quem apresentar o comprovativo de compra, recebe o valor total pago pelo produto, através do mesmo meio de pagamento (….). Quem já não tem o comprovativo de compra também pode devolver o secador. Mas, neste caso, a Worten vai reembolsar o valor correspondente ao último preço de venda do produto (19,99 euros)”, refere ainda a associação.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Sociedade

Saúde