Conseguir manter o gato feliz em casa pode parecer impossível, mas não o é. Só precisa conhecer alguns truques e seguir as nossas dicas.

Manter o gato feliz em casa é uma preocupação para todos os donos que se interessam pelo bem estar do seu pet. Os gatos domésticos descendem dos gatos selvagens africanos do deserto e os seus onze mil anos de vida em comum com o homem não foram suficientes para apagar todos os traços da sua personalidade de predador solitário. Os gatos são, de todos os animais domesticados pelo homem, os que mais conservaram as características dos seus antepassados selvagens.

A prová-lo está um estudo, publicado em 2013 pela revista Nature Communications, que avaliou o impacto da população americana destes caçadores felpudos na vida das espécies selvagens, dentro e fora das cidades nos Estados Unidos da América.

Os cientistas descobriram que esta população, quando está fora de casa, consegue aniquilar por ano vários biliões de aves, répteis e pequenos mamíferos como ratos, coelhos ou esquilos.

Boa parte da responsabilidade por estas mortes é atribuída aos gatos sem dono, mas os gatos com dono e com acesso à rua, nunca se fazem rogados em complementar a sua dieta com presas naturais ou em caçar apenas por desporto.

Se manter o seu gato uma vida inteira fechado em casa pode ser uma boa opção de conservação para a vida selvagem da sua região, para o seu bichano caçador essa clausura pode tornar-se um enorme motivo de stress, se não adoptar algumas medidas em prol do bem-estar do seu pequeno predador.

APRENDA A MANTER O GATO FELIZ EM CASA
É mais fácil adaptar à vida de interior um gatinho bebé, que nunca conheceu o exterior, do que um gatinho adulto que tenha vivido toda a sua vida com acesso ao mundo lá fora. Apesar de ambos precisarem de ter estímulos para manter o seu comportamento natural, um gato habituado ao exterior pode ter mais dificuldade nessa adaptação.

Mas não desista se quer adoptar ou resgatar um gato adulto da sua vida de vagabundo. Ele pode não reconhecer imediatamente o conforto e a segurança de estar menos exposto aos parasitas, às doenças e à ansiedade provocada por encontros perigosos com outros animais ou pessoas, mas pode ajudá-lo nessa adaptação:

Crie uma área exterior à prova de fuga
O objectivo é dar acesso ao seu gato, bebé ou adulto, a uma área de exterior protegida, criando-lhe um espaço do qual ele não poderá fugir, mas que lhe permitirá aceder a um pequeno mundo exterior onde se poderá distrair com odores e sensações que não encontra em casa.

Os catios são a nova tendência para complementar a vida dos gatos que vivem em ambientes fechados, permitindo-lhes sair “cá dentro”. Inspire-se nestas sugestões, criadas para orçamentos mais ou menos pesados e para vários tipos de casas ou apartamentos.

O objectivo é que através do acesso por uma janela, varanda, terraço ou jardim, se construa uma área de exterior fechada. Lembre-se que dentro destes espaços pode colocar cheiros de outros animais ou brinquedos para manter o gato feliz em casa, sem que ele tenha de caçar ou ferir animais verdadeiros.

Gatos que precisam ser educados
Reserve um espaço isolado para ele no interior
Como animal solitário, por muito que goste de ronronar ao seu colo e receber festas, há sempre uma altura em que o seu gato vai querer estar sozinho no seu canto. Isto é especialmente importante se tiver crianças, outros pets mais sociáveis ou uma casa muito movimentada.

Ele vai querer evitar situações de confusão e de muito movimento e é importante proporcionar-lhe esse isolamento. Pode ser um espaço criado por si, ao qual apenas ele tem acesso, ou pode deixá-lo descobrir o seu local sozinho, em cima de um armário ou prateleira, permitindo-lhe permanente acesso a este pequeno “paraíso” solitário.

Garanta-lhe a prática do comportamento de predador
É vital que lhe permita exercitar a sua capacidade procurar e encontrar comida, deixando-o escolher onde se quer alimentar em determinado momento. Esconda-lhe a comida frequentemente e utilize puzzles de alimentação por exemplo.

É uma tarefa divertida, que não irá ocupar muito do seu dia, e para ele é uma atividade física extra que vai contrariar a tendência para a obesidade nos gatos fechados em casa.

Simule situações de caça quando brinca com ele
Brinque com o seu gato utilizando brinquedos que simulam as presas (em forma, textura e movimento). O objetivo é incentivar-lhe os ataques, as emboscadas e as perseguições rápidas. Vai ver que esta interação com o seu pet lhe vai saber tão bem a si quanto a ele.

Pode funcionar como uma pequena pausa para descontrair já que estas interações nunca devem demorar muito tempo. Devem ser jogos rápidos e curtos, tal como seriam as caçadas do seu gato na natureza.

As garras são para manter afiadas
As garras são um dos complementos mais importantes para garantir o comportamento natural e manter o gato feliz em casa. Permitem-lhe agarrar objetos e comida, permitem-lhe maior equilíbrio na corrida e subir ou descer em segurança de sítios altos e até ajudam na sua limpeza diária. Na natureza, usam-nas também para deixar marcas visíveis para os outros gatos ou animais, marcando o seu território.

Para as manter saudáveis e afiadas dentro de casa e nos espaços a ele reservados no exterior, é necessário que lhe disponibilize vários locais com arranhadores onde ele afiar as garras sem ser nos seus móveis.

Pode comprá-los ou fazê-los, colocando-os em locais estratégicos. O objectivo é garantir que ele possa ter o seu comportamento natural sem destruir as coisas de que você mais gosta.

custodia partilhada de cão e gato

Uma companhia para o seu gato, outro gato ou outro pet, pode ser uma distração bem vinda no interior de um ambiente fechado. Mas, como os gatos e os outros pets que vai introduzir no seu lar são únicos e diferentes entre si, faça a adaptação entre ambos de forma gradual e tendo em conta as suas personalidades.

Pense que esta adaptação, se não for bem planeada, pode transformar um potencial ambiente saudável e feliz, num lar cheio de stress e mal estar para si e para os seus animais de estimação.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Música

Podcast