Fundação Pauleta (cadeira anfíbia) e Veteranos do Praiense o Lajense (donativos) solidários com o CAD

Uma cadeira anfíbia e 600 euros em donativos foram o resultado do jogo solidário de futebol a favor do Centro de Apoio à Deficiência da Praia da Vitória (CAD), organizado, no sábado, 20, pela Fundação Pauleta, em parceria com a Câmara Municipal da Praia da Vitória e as equipas de veteranos do Praiense e do Juventude Desportiva Lajense.

No final do evento, o vereador com o pelouro do Desporto na Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tiago Ormonde, manifestou o seu agradecimento a todos “quantos participaram neste extraordinário dia de solidariedade, renovando uma das marcas identitárias da comunidade praiense”.

“A Câmara Municipal da Praia da Vitória associou-se com muito orgulho a esta iniciativa. Obrigado a todos os que partilharam este momento de apoio ao CAD. Esta foi uma iniciativa da Fundação Pedro Pauleta. Contatou-nos no sentido de indicarmos uma instituição que pudesse ser ajudada. Nós identificamos o CAD e o CAD identificou uma cadeira de rodas anfíbia para que os seus utentes possam ir a banhos de uma forma segura, como algo que lhes fazia falta. Unimos esforços e foi possível realizar esse objetivo. Foi um dia muito gratificante”, disse Tiago Ormonde.

Durante o dia, Pauleta foi recebido nos Paços do Concelho, visitou o CAD e, no jantar de encerramento, entregou à direção do CAD a cadeira anfíbia e os valores arrecadados durante as duas partidas de futebol, que decorreu no campo sintético do estádio municipal da Praia da Vitória.

“Foi um dia muito gratificante e de muita alegria porque podemos também visitar o CAD e ver a felicidade daqueles miúdos quando receberam o Pauleta. Acima de tudo foi um prazer conhecer e receber o Pedro Pauleta, porque, para além de simpático e divertido, é extraordinariamente humilde e isso demostra o orgulho que ele tem em ser Açoriano. Estamos perante um dos três melhores jogadores do século XXI em França; é considerado o melhor jogador de sempre do PSG; é o melhor marcador da Seleção Portuguesa; é Comendador da Ordem de Mérito e Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, mas, tudo isso, é secundário para ele, porque o mais importante é poder partilhar a carreira que teve com todos os utentes do CAD e das outras instituições que a sua Fundação já ajudou. De hoje fica o exemplo que ele deu e a mensagem que transmitiu a todos os utentes do CAD”, acrescentou o Vereador da Autarquia.


Tiago Ormonde frisou ainda que, da passagem da Fundação Pauleta pela Praia da Vitória, deixou um desafio: “espero que, pelos bons momentos que passaste aqui, possas também, daqui para a frente, ser um Embaixador da Praia da Vitória e das suas gentes”.

Para o Centro de Apoio à Deficiência, o responsável municipal deixou uma palavra de estímulo, nomeadamente porque “o trabalho voluntário que desempenham é extremamente gratificante e dos trabalhos mais fantásticos que se pode fazer”.

Às equipas de veteranos do Praiense e do Lajense, Tiago Ormonde agradeceu também a prontidão e solidariedade demonstradas: “Uma palavra às equipas de veteranos que, inicialmente, montaram uma barraquinha onde pretendiam angariar alguns fundos para si, mas acabaram por decidir doar todas as receitas que fizeram durante os jogos ao CAD. Foram mais de 600 euros que foram entregues”.

 

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Sociedade

Saúde