É já no próximo sábado, dia 12 de outubro, pelas 21h30, que Salvador Sobral (músico, compositor e intérprete da canção mais votada de sempre numa final de um Festival da Eurovisão, “Amar pelos Dois”) vai “aterrar” na Praia da Vitória para mais um concerto de apresentação do seu mais recente álbum “Paris, Lisboa”.
O espetáculo de Salvador Sobral acontecerá no Auditório do Ramo Grande, sendo o artista acompanhado nesta digressão por Júlio Resende ao piano, André Rosinha no contrabaixo e Bruno Pedrosa na bateria.

“Paris, Lisboa” é o nome do mais recente disco do cantor português “inspirado numa viagem sem partida nem chegada, mas cujos pontos de união se fazem entre Paris e Lisboa, cidades de grande preponderância no processo de construção deste álbum”, salienta o artista, acrescentando que os seus concertos “refletem isso mesmo, um caminho imprevisível”.
Já Carlos Armando Costa, Vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, destaca a importância de “trazermos para a Terceira, em particular para o quarteirão cultural da Praia da Vitória, este tipo de espetáculo”, pois é uma forma de “alcançar novos públicos”.
Alguns temas de “Paris, Lisboa” já são conhecidos do grande público, outros nem tanto, mas todos os interessados poderão ficar a conhece-las no concerto deste sábado, no Auditório do Ramo Grande, onde Salvador Sobral pode sempre surpreender abrindo espaço a canções inéditas de autores da sua preferência.
Ainda estão disponíveis lugares, estando os bilhetes à venda online através do sítio https://ticketline.sapo.pt, ou na bilheteira da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira.

O artista

Salvador Sobral é músico e compositor. Viveu nos Estados Unidos e em Barcelona onde estudou Jazz na mais prestigiada escola “Taller de Musics”, criou vários projetos musicais, compôs as suas próprias canções e foi criando a sua imagem enquanto músico em torno de Chet Baker, com influências da bossa-nova e baseando-se na música da América Latina, tendo regressado, no final de 2014, a Portugal para gravar um disco a solo. No seu país natal, Salvador Sobral iniciou a sua carreira colaborando com grandes nomes do Jazz nacional e, a partir dessa colaboração, nasceu o seu álbum a solo de estreia “Excuse me” (2016). Um ano depois, a sua irmã, Luísa Sobral, convida-o a participar no Festival da Canção, interpretando a sua canção “Amar Pelos Dois”. A canção acabou por ser a vencedora do Festival da Eurovisão (2017) com a pontuação mais alta de sempre e, é hoje em dia uma das canções mais ouvidas no Mundo.
Depois dessa vitória, Salvador tornou-se num dos músicos mais aclamados e requisitados a nível nacional e Internacional ganhando vários prémios distintos e sendo bastante aclamado pela imprensa nacional e internacional e realizando mais de 30 concertos esgotados em Portugal, Espanha, Estónia, Letônia e Lituânia.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Sociedade

Saúde