O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, anunciou, este domingo, dia 20 de outubro, que a Autarquia vai avançar “com um projeto de estímulo e captação de novos dadores de sangue”, tendo em vista “rejuvenescer o grupo de dadores na ilha Terceira” e continuar a contribuir para ajudar quem mais precisa.

No almoço anual da Associação de Dadores de Sangue da Ilha Terceira, este ano realizado na Praia da Vitória (depois de, no ano transato, o edil praiense ter desafiado a Associação a realizar este encontro na sua Cidade), Tibério Dinis especificou que “pretende, em parceria com a Associação de Dadores, iniciar um projeto para que mais jovens se possam associar a esta causa”.

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à Associação de Dadores de Sangue ter aceite o desafio que lancei, o ano passado, para que este almoço anual fosse realizado na Praia da Vitória. Em segundo lugar, aproveito para lançar novo desafio: que estes encontros anuais se passem a realizar, um ano, em Angra do Heroísmo, e, outro ano, na Praia da Vitória; a Câmara Municipal está disponível para, daqui a dois anos, vos receber a todos novamente. Por fim, quero comunicar-vos que darei instruções para que a Câmara Municipal da Praia da Vitória prepare um projeto a desenvolver junto da população mais jovem deste Concelho, com o intuito de estimular e captar mais jovens para esta causa, rejuvenescendo o grupo de dadores da ilha Terceira”, disse.

O Presidente do Município diz que o projeto a desenvolver “deverá acontecer junto das escolas, clubes desportivos, comunidade mais jovem e grupos organizados da Praia da Vitória, para que a Câmara Municipal, em parceria com a Associação de Dadores de Sangue da Ilha Terceira, contribua também para conseguirmos rejuvenescer o leque de dadores de sangue”.

Tibério Dinis, para além de agradecer à Associação de Dadores de Sangue da Ilha Terceira, endereçou palavras à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória (onde se realizou o almoço) e ao Grupo Desportivo das Fontinhas (que confecionou e serviu o almoço), registando que “a Câmara Municipal, para além de apoiar a Associação de Dadores de Sangue, apoia e reconhece o voluntariado também dos bombeiros e daqueles que estão a confecionar este almoço, no intuito de apoiar a coletividade que representam”.

Por fim, o autarca realçou “o orgulho e a honra”, institucional e pessoal, de estar presente neste evento, uma vez que, disse, “estar aqui é marcar o espírito solidário destas mulheres e homens que ajudam a melhorar e até a salvar vidas de outros concidadãos, através das vossas dádivas de sangue”, pois, “dar sem querer nada em troca e dar para ajudar quem mais precisa, é digno de registo”, considerou.
A ilha Terceira tem cerca de 1200 dadores de sangue, sendo que cerca de 500 são sócios da Associação de Dadores de Sangue, uma instituição de utilidade pública sem fins lucrativos, com a missão humanitária de proteção de vidas humanas por meio da doação desinteressada de sangue com fins terapêuticos a feridos e doentes.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Sociedade

Saúde