De modo a assegurar uma melhoria da qualidade de vida, saúde, segurança e autoestima de todas as pessoas se encontrem em situação de dependência com necessidade de proteção, a Câmara Municipal da Praia da Vitória irá proceder à instalação de 20 pontos de teleassistência por todo o concelho, durante os próximos dois anos.

Durante a instalação de um equipamento de teleassistência na Fonte do Bastardo, hoje, dia 30 de outubro, o Vice-Presidente do Município da Praia da Vitória, Carlos Armando Costa, demonstrou a sua satisfação por contar com mais um ponto de teleassistência operacional, acreditando que com esta medida “será possível às pessoas, em situação de dependência, permanecer integrados no seu meio de vida habitual, mas dispondo de um serviço que lhes dê a resposta às situações de risco, proporcionando segurança e tranquilidade a si próprios e aos seus familiares, sem colocar em causa a sua autonomia”.

O autarca praiense afirma ainda que com esta medida “a autarquia pretende diminuir o tempo de espera por um serviço de socorro em situações de emergência, procurando desta forma que os cuidados de saúde necessários sejam prestados o mais rapidamente possível, evitando eventuais consequência de um pedido de ajuda tardio”, dando uma resposta às necessidades de apoio social da população dependente.

A teleassistência é um serviço telefónico de apoio, em funcionamento 24 horas por dia, todo o ano, que visa garantir o auxílio imediato em situações de risco ou emergência, contribuindo para uma maior segurança dos seus utilizadores. Para tal, os utilizadores acionam um botão que permite contatar diretamente um número de emergência e outro escolhido pelo utente.

Este serviço permite também de forma fácil e rápida proceder ao pedido de ajuda, evitando que o mesmo não seja efetuado por falta de autonomia ou condição física ou emocional vivenciada no momento.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Sociedade

Saúde