Para colmatar ausência de receitas no Carnaval

A Câmara Municipal da Praia da Vitória vai apoiar todos os salões do Concelho que, anualmente, recebem as danças e bailinhos de Carnaval, num montante de 5000 euros, como forma de colmatar a ausência de receitas das associações e coletividades, pela não realização das celebrações carnavalescas.
Tibério Dinis, Presidente do Município, refere que este apoio total de 75 mil euros deliberado pela Autarquia – 5000 euros a cada um dos 15 salões do Concelho – visa “compensar a perca de receitas que as associações, coletividades e sociedades vão ter”, fruto da situação de pandemia que se vive e que leva a que, este ano, não se realize o tradicional Carnaval da ilha Terceira.
“Considerando a não realização do Carnaval da ilha Terceira, esta enorme manifestação da riqueza cultural da nossa ilha e das nossas gentes, e sabendo-se que o Carnaval constitui uma importante fonte de receita para todas as associações, coletividades e sociedades que recebem as danças e bailinhos, receitas estas que depois são utilizadas para a realização de investimentos nas suas infraestruturas, a Câmara Municipal da Praia da Vitória deliberou atribuir, a cada salão, um apoio no valor de 5000 euros”, afirmou o edil.
Este apoio de caráter extraordinário – considerando que não é incompatível com candidaturas a outros sistemas de apoio municipal – foi deliberado pelo Município, “de modo a que as associações possam manter uma receita que lhes permita fazer a sua gestão diária e garantir a sustentabilidade futura destas salas de espetáculo”, acrescentou Tibério Dinis.
O Presidente da Autarquia praiense diz que o objetivo é assegurar o mínimo de normalidade na gestão das coletividades para que, “mal passando a pandemia, as nossas salas de espetáculo voltem a receber espetáculos e cultura nas diversas localidades”.

 

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Podcast