Majoração dos apoios às festas tradicionais

 

A Câmara Municipal da Praia da Vitória deliberou prorrogar os prazos das candidaturas para a majoração dos apoios às festas tradicionais que se realizem nas diferentes Freguesias e Vila do Concelho, este ano de 2021, tendo em conta a situação epidemiológica vigente que deixa no ar a incerteza quanto à possibilidade de realização das mesmas.

Segundo Tibério Dinis, Presidente do Município, os apoios a estas festividades aplicam-se ao abrigo do Regulamento Municipal de Apoio às Festas nas Freguesias e Vila do Concelho da Praia da Vitória, que possibilita que as comissões de festas se candidatem à majoração dos apoios municipais até 31 de janeiro de cada ano, prazo que agora foi prorrogado, no sentido de “não prejudicar a atribuição do apoio a nenhuma festividade que possa vir a decorrer, caso a evolução da pandemia melhore substancialmente e sejam autorizadas pelas Autoridades de Saúde”. 

“As festas tradicionais nas Freguesias e Vila do Concelho revestessem de uma importância social, cultural e económica que não pode ser ignorada, pelo que, dada a incerteza sobre a sobre a possibilidade de realização das mesmas, a Câmara Municipal decidiu alterar os métodos de candidatura”, disse o edil.   

Assim, ao contrário do que é habitual, e excecionalmente este ano de 2021, a Autarquia deliberou “prorrogar o prazo de entrega de candidaturas ao Regulamento Municipal de Apoio às Festas nas Freguesias e Vila do Concelho da Praia da Vitória, até à data da realização do evento, com a respetiva majoração de 100%”.

Significa isto que, as comissões de festas não precisam apresentar as candidaturas aos apoios municipais até 31 de janeiro, podendo fazê-lo até à véspera do início das festividades, sendo garantidas as mesmas condições que nos anos anteriores.

“Não fazia sentido a Câmara Municipal manter o prazo das candidaturas, quando não existem certezas sobre a possibilidade de realização das festas tradicionais, pelo que deliberámos prorrogar o prazo até ao limite da sua eventual realização, considerando o esforço, o trabalho e a dedicação das comissões de festas, que regularmente enfrentam fortes desafios, quer na sua constituição, quer na concretização dos programas festivos, desafios que assumem um caráter excecional em tempos atípicos como os que se têm vivido desde o inicio da pandemia”, afirma Tibério Dinis, justificando esta decisão camarária.

 

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Podcast