“Presidência Aberta” à Freguesia de Fontinhas

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, anunciou, esta segunda-feira, que “até ao final do corrente mês de abril” serão apresentadas “várias soluções técnicas” que visam “dar uma resposta de curto prazo” ao aumento de alunos na Escola Primária de Fontinhas e nas suas valências de Creche e Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL).
No âmbito da “Presidência Aberta” à Freguesia de Fontinhas, o executivo municipal reuniu com a Direção da unidade escolar, com representantes dos pais e dos concessionários dos serviços municipais de Creche e CATL, tendo em vista “o bom problema que temos para resolver”, isto é, o aumento de alunos na Escola em virtude da sinergia existente entre as várias valências educativas.
“Temos em mãos um bom problema para resolver. Depois de anos em que todos fomos confrontados com a redução do número de alunos, agora, fruto da estratégia municipal que temos vindo a desenvolver na Praia da Vitória, de disponibilização de serviços de Creches e CATL’s nas escolas que ficaram em funcionamento nas freguesias, começamos a ter aumento de procura para a oferta disponível, o que se passa aqui nas Fontinhas, mas também já nos foi reportado, na última Presidência Aberta que realizamos à Freguesia de Fonte do Bastardo”, revelou o Autarca.
Assim, e considerando as limitações de espaço no edifício da Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim de Infância Irmãos Goulart, Tibério Dinis comprometeu-se com as entidades com quem reuniu a “estudar várias soluções técnicas alternativas, que possam ser tecnicamente projetadas e orçamentadas, para que as possamos apresentar à comunidade escolar, serem debatidas e escolhida a melhor solução, tendo em vista a disponibilização dos espaços que faltam a tempo do arranque do próximo ano letivo e sem que exista a necessidade de recusar a inscrição de novos alunos na Escola”.
Em causa, segundo revelou, está a necessidade de disponibilização de mais uma sala para lecionação do ensino regular do 1.º Ciclo e de mais uma sala para o CATL, considerando “que se perspetiva um aumento do número de alunos na Escola já no próximo ano letivo”.
Ora, salientou, “é para darmos resposta às solicitações de inscrições nesta escola, no próximo ano letivo, e para que não seja necessário recusar o ingresso de novos alunos nesta valência educativa, que vamos procurar criar as condições para possa continuar a desenvolver o seu projeto educativo”.
Tibério Dinis não tem dúvidas que este aumento de procura pelas escolas e pelas valências socioeducativas que lhes estão associadas nas diferentes freguesias do Concelho “é fruto do sucesso da estratégia implementada nos últimos anos por parte do Município de instalação de serviços de creches e CATL junto das Escolas de Freguesia”, pois, frisou, “estamos a começar a inverter a tendência de decréscimo de alunos nestas escolas”.
Recorde-se que a Escola Irmãos Goulart funciona em instalações construídas pela Câmara Municipal da Praia da Vitória, albergando também as valências de apoio socioeducativo disponibilizadas pela rede municipal, dispondo, atualmente, de 4 salas de aula do 1.º ciclo, 3 salas para o ensino Pré-escolar, biblioteca, sala de professores, cozinha, refeitório e ginásio, estando adaptada para cidadãos com mobilidade reduzida. Situada entre a Casa do Povo, o Campo Municipal Dr. Durval Monteiro, o Pavilhão Desportivo Municipal e a Sociedade Musical União das Fontinhas, a infraestrutura tem pátios dotados de equipamentos infantis, jardins, campo vedado com relva sintética e telheiro.
A visita à Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim de Infância Irmãos Goulart e às suas valências socioeducativas, nas Fontinhas, inseriu-se no âmbito da “Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho da Praia da Vitória”, que na próxima segunda-feira realizar-se-á na Freguesia de Porto Martins.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde