Dia Municipal do Bombeiro

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, homenageou, este domingo, com a entrega de Medalhas por Bons Serviços Municipais, onze bombeiros da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, no âmbito das comemorações do Dia Municipal do Bombeiro.

No Auditório do Ramo Grande (cumprindo-se todas as regras e recomendações de saúde pública), perante uma plateia composta por várias entidades civis, militares, bombeiros e suas famílias, receberam a Medalha de Bons Serviços Municipais em Bronze (por 10 anos de serviço em 2021) os bombeiros Eduardo Arruda e Carlos Lima; por 20 anos de serviço cumpridos este ano, Leonel Raimundo e Ruben Linhares foram condecorados com a Medalha de Bons Serviços Municipais em Prata; e com a Medalha de Bons Serviços Municipais em Prata Vermeille (por 30 anos de serviço no ano em curso) os bombeiros Alexandre Cunha e Rui Correia.

Por causa da pandemia de Covid-19, a primeira celebração do ano 2020 que a Câmara Municipal da Praia da Vitória teve que adiar foi, precisamente, a celebração do Dia Municipal do Bombeiro, pelo que as homenagens relativas ao cumprimento de bons serviços municipais no ano passado foram entregues agora, nomeadamente: o bombeiro José Eduardo Gomes recebeu a Medalha de Bons Serviços Municipais em Bronze (por 10 anos de serviço cumpridos em 2020); já a Medalha de Bons Serviços Municipais em Prata (por 20 anos de serviço alcançados no ano transato) foi entregue aos bombeiros Hugo Mota Santos, Francisco José Vieira e Vítor Ferreira Drumond; quanto à Medalha de Bons Serviços Municipais em Prata Vermeille (por 30 anos de serviço concluídos em 2020) foi entregue a José Ávila Barcelos.

“Este foi o ano mais difícil das nossas vidas, mas, acima de tudo, foi o ano mais desafiante para todos os bombeiros e para as suas famílias. Por isso, o nosso profundo agradecimento e reconhecimento, até porque, para além do normal serviço do dia a dia, os nossos bombeiros estiveram na linha da frente do combate à pandemia e assumiram-se como um claro exemplo quando foram mais além das suas responsabilidades, ao propor às autoridades públicas o alargamento das medidas de segurança e de saúde pública no Concelho, tendo sido por eles, em colaboração com o Governo Regional e com a Câmara Municipal que se abriu o Centro de Testagem à Covid-19 na Praia da Vitória”, referiu Tibério Dinis.

Assim, prosseguiu, “este dia serve, para além dos agradecimentos e reconhecimentos merecidos, para alertar todas as entidades responsáveis para a necessidade de dar mais condições, mais equipamentos, mais ânimo e mais força aos nossos bombeiros que para que eles continuem empenhados em servir a população. É este trabalho de proximidade que a Câmara Municipal da Praia da Vitória tem vindo a fazer”, afirmou.

O edil referiu que, “para além de melhorar as condições financeiras, através de vários apoios concedidos, e da permanente monitorização dos equipamentos necessários que a Câmara Municipal pode disponibilizar aos bombeiros locais”, existe uma medida que enche de “orgulho” a Autarquia: “saliento, com grande orgulho, a criação do Regulamento de Apoios Sociais aos Bombeiros da Praia da Vitória, um sistema de apoios que estruturou um conjunto de valorizações aos nossos Voluntários e que, entre outros benefícios, inclui a isenção do pagamento de IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) para os que tenham desempenhado bons serviços e cumpram os requisitos previstos”.

Câmara Municipal adquire viatura  de Suporte Imediato de Vida

Tibério Dinis revelou, por outro lado, que o Município continua empenhado em dotar a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória das melhores condições, nomeadamente “estando em curso os procedimentos para a aquisição de uma viatura SIV” (Suporte Imediato de Vida).

“Pese embora tudo o que já foi feito, numa estreita  colaboração com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários, temos a noção da responsabilidade do que ainda falta fazer, pelo que o nosso objetivo passa por termos sedeada na Praia da Vitória uma viatura SIV, estando, por isso, a Câmara Municipal a diligenciar os procedimentos para a sua aquisição, esperando que o Governo Regional – que já conhece esta reivindicação da Praia da Vitória, da sua população e da sua corporação de bombeiros – a venha a integrar no serviço regional de resposta em situações de emergência pré-hospitalar”, afirmou.

Profissionalização dos bombeiros

Para além dos apoios financeiros, sociais e de equipamentos, Tibério Dinis não tem dúvidas (aliás, como também disse o Presidente da Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, Luís Vasco Cunha) de que o futuro impõe “ambição” aos decisores políticos no que toca à valorização da carreira dos “soldados da paz”.

“Queremos ser cada vez mais ambiciosos na resposta que damos aos nossos bombeiros, para que possamos ter uma cultura de proteção civil e termos, cada vez mais, bombeiros ao nosso serviço, pelo que importa avançar para uma efetiva profissionalização dos corpos de bombeiros voluntários. É preciso dar condições às mulheres e homens que prestam este serviço, para que possamos, cada vez mais, ter uma resposta, em situação de emergência e de saúde, que seja mais rápida e profissional e, por isso, temos que dar melhores condições a estes profissionais”, defendeu.

A finalizar, Tibério Dinis insistiu no “profundo agradecimento a todos”, frisando que a Praia da Vitória “pode estar descansada” quanto à forma como a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários “está bem organizada e estruturada ao seu nível diretivo, financeiro e organizacional; temos uma organização de comando objetiva; temos uma sociedade que reconhece a sua Associação Humanitária e temos um corpo de voluntários e de bombeiros de grande qualidade”.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde