“Presidência Aberta às Freguesias e Vila do Concelho da Praia da Vitória”

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, apresentou, esta segunda-feira ao fim da tarde, o projeto das novas instalações do bar, balneários de apoio e instalações sanitárias da Prainha, no âmbito do plano integrado de valorização das zonas balneares da baía da Cidade e do prolongamento da Avenida Marginal em passeio pedonal e ciclovia.

Na sede do Clube Naval da Praia da Vitória, no âmbito da “Presidência Aberta à Freguesia de Santa Cruz”, Tibério Dinis revelou que o investimento, que ronda os 300 mil euros, será iniciado no final da época balnear deste ano e deverá estar concluído no início da época balnear de 2022, passando pela edificação total de uma nova infraestrutura adaptada para ser utilizada durante todo o ano.

“O crescimento do número de pessoas que, cada vez mais, utilizam as zonas balneares da Praia da Vitória, não só demonstram o sucesso da estratégia de valorização que temos vindo a implementar, como também nos convocam para continuar a investir no melhoramento e na potenciação destas zonas balneares, pelo que a frente marítima da Cidade é uma prioridade, onde já está em curso a construção de instalações sanitárias de apoio à praia dos Sargentos; já foi lançado o concurso para a adjudicação da obra de construção do novo edifício de bar e balneários da praia da Riviera; e, agora, apresentamos um projeto semelhante para a Prainha da Praia da Vitória”, disse o autarca.

O projeto de valorização do bar, balneários e instalações sanitárias de apoio à Prainha passa pela demolição das infraestruturas atualmente existentes, construindo-se novas valências, concebidas pelos técnicos do Município, integradas no âmbito da estratégia de valorização da frente marítima, onde estão em curso os procedimentos de reabilitação do Paul do Belo Jardim e o projeto de prolongamento pedonal e ciclovia da Avenida Marginal, “já lançado em curso, em fase de análise de propostas e a ser adjudicado e apresentado brevemente”, revelou Tibério Dinis.

Com o projeto apresentado (e que ficará agora em discussão pública, nos próximos 10 dias úteis, na sede da Junta de Freguesia de Santa Cruz e nos serviços do Município), o edifício passará a ter cozinha, bar, esplanada (preparada para estar aberta durante o verão e ser um espaço fechado durante o inverno), instalações sanitárias para funcionários e clientes, espaço para acondicionamento de resíduos e outras condições necessárias, como proteção contra incêndios e antivandalismo. A infraestrutura terá também duches, balneários de apoio à praia, sanitários, assim como será um espaço adaptado para cidadãos portadores de mobilidade reduzida.

Tibério Dinis reforçou que “todos os investimentos que têm vindo a ser realizados nas zonas balneares do Concelho, do Porto Martins aos Biscoitos, versam dotar as infraestruturas balneares de melhores equipamentos de apoio para a força da sua utilização, isto é, durante o verão, mas também com a preocupação de poder funcionar durante todo o ano, potenciando-se os negócios, a utilização anual dos espaços pelos banhistas, dinamizando o lazer e a contemplação à beira-mar”.

Praia da Vitória é líder  em qualidade nas zonas balneares

Em 2021, frisou o edil, “a Praia da Vitória volta a ser o Concelho dos Açores com mais zonas balneares distinguidas com o selo de qualidade da Bandeira Azul da Europa” (num total de 9 Bandeiras Azuis, 8 para zonas balneares e 1 para a Marina) esperando-se ainda pelo anúncio dos galardões “Praia mais Acessível”, sendo que as expetativas da Autarquia são “de que a Praia da Vitória continuará no trajeto de ser um dos concelhos do País com as praias mais inclusivas”.

A finalizar, Tibério Dinis recordou que o Município “está a trabalhar para que, no futuro, possa crescer o número de zonas balneares no Concelho com distinção de Bandeira Azul, nomeadamente com as intervenções em curso no Porto Sr. Guilherme, no Porto Martins, e na Calheta dos Lagadores e Fonte das Pombas, nos Biscoitos”.

Ao nível das zonas balneares do Concelho da Praia da Vitória estão em curso, neste momento, investimentos em todas elas, através da implementação da Estratégia de Valorização das Zonas Balneares do Porto Martins (Piscinas Naturais, Porto Sr. Guilherme e Baía das Canas); do Plano Integrado de Valorização das Zonas Balneares da baía da Cidade (novos equipamentos de apoio à praia da Riviera, no Cabo da Praia; construção de instalações sanitárias na praia dos Sargentos; trabalhos de reposição do areal na Praia Grande e projeto de requalificação do bar e equipamentos de apoio na Prainha); a Estratégia de Valorização da Zona Balnear das Escaleiras, na Freguesia da Vila Nova (visando a melhoria das condições de utilização e segurança e uma valorização social e turística do local); decorrem obras de consolidação da falésia na Zona Balnear das Quatro Ribeiras e estão em fase final de edificação as obras de ampliação e beneficiação do Bar do Abismo, bem como da construção do bar e edifícios de apoio da Calheta dos Lagadores e Fonte das Pombas, na Freguesia dos Biscoitos.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde