O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, visitou, esta terça-feira, as obras em curso no âmbito do projeto de requalificação e ampliação da Escola Básica e Jardim de Infância (EB/JI) do Cabo da Praia, uma empreitada que irá promover a melhoria das condições de ensino nesta infraestrutura escolar do concelho da Praia da Vitória.

Frisando tratar-se de um investimento de cerca de 230 mil euros, com vista a aumentar a capacidade da escola, anexar o Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL) ao edifício e criar uma zona coberta de ginásio, o autarca especificou que a empreitada decorrerá em duas fases: “a primeira, a de requalificação, que terminará a tempo do início do próximo ano letivo; a segunda, de ampliação, que decorrerá em paralelo com os primeiros meses de aulas, mas salvaguardando que não interferirá com a atividade normal da escola e que os alunos utilizarão o espaço em segurança”.

“Estamos perante uma intervenção de grande monta, por isso, por altura do arranque do próximo ano letivo, terá que existir uma articulação entre a comunidade escolar e o empreiteiro de modo a que a obra cumpra o seu cronograma sem interferir com o desenrolar das atividades letivas”, afirmou o edil.

O autarca, lembrou ainda que, “a Câmara Municipal da Praia da Vitória trabalha sempre com o intuito de manter abertas as infraestruturas e serviços de proximidade e só conseguimos garantir isso dando melhores condições aos alunos, para que os pais possam escolher esta escola, e para que os professores possam desenvolver da melhor forma a sua atividade”.

Assim, acrescentou, “para além do serviço de CATL já criado e que será agora ampliado, por já estar esgotada a sua capacidade atual, estamos a investir na freguesia do Cabo da Praia para assegurar que, fruto do crescimento do número de alunos, a escola não venha a fechar e tenha melhores condições para o ensino”.

Recorde-se que o projeto de ampliação e requalificação da Escola do Cabo da Praia foi apresentado em finais do ano passado, no âmbito da “Presidência Aberta” realizada àquela Freguesia, com o compromisso de se iniciar no período de interrupção letiva, de modo a concretizar-se com o menor impacto possível, como está a suceder. 

“Dar melhores condições” a uma unidade de ensino que “tem mantido um número regular de alunos inscritos e um nível de aproveitamento escolar acima da média regional” é o objetivo central do investimento camarário.

O projeto, totalmente desenvolvido pelos técnicos do Município, e a ser executado por empresas de construção com sede no Concelho, trará melhores condições aos alunos e ao pessoal docente e não docente, criando uma nova sala, novas instalações sanitárias, uma nova zona de ginásio coberto (que, atualmente, não existe) e novas acessibilidades (nomeadamente a pessoas com mobilidade reduzida), bem como fará com que o CATL, atualmente a funcionar na sede da Junta de Freguesia e completamente lotado, possa ser integrado no edifício escolar, permitindo uma melhor gestão do parque escolar, evitando-se transportes da escola para o CATL e conferindo também maior segurança aos alunos e aos seus pais.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde