De acordo com o Jornal a Bola o futebol vai, tal como todos os setores da sociedade portuguesa, contando os dias para o regresso à normalidade. A Liga pretende retomar o campeonato em julho e completar as dez jornadas que faltam até final de julho ou, em última análise, no primeiro fim de semana de agosto.

Sendo desejo manifestado por todas as partes (Federação Portuguesa de Futebol, Liga e clubes ) de que o campeonato volte assim que houver condições para tal por parte da Direção-Geral de Saúde, falta definir os moldes em que isso acontecerá.


Seguramente será sem público nas bancadas, mas em cima da mesa está também outra questão: onde?

Realizar os jogos que faltam nos estádios de cada clube é o cenário que está, aparentemente, preparado pela Liga, mas os responsáveis da FPF levantaram a possibilidade – de resto há muito avançada por A BOLA, que dava o Algarve como forte hipótese – de as jornadas em falta se realizarem apenas numa região, porque há a possibilidade de as recomendações das autoridades de saúde não serem as mesmas para todo o território nacional, o que seria suscetível de levantar problemas ao normal desenrolar do campeonato.

Haverá ainda outra questão a resolver, relacionada com o recurso do VAR. Mas em Portugal, a FPF entende ter condições, na Cidade do Futebol, para assegurar que o videoárbitro regresse ao mesmo tempo que o futebol, ao contrário do que acontecerá noutras ligas europeias, onde o VAR funciona em carrinhas.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Música

Podcast