O continente africano registou nas últimas 24 horas mais 191 mortes devido à covid-19, aumentando para 43.612 o total de vítimas mortais pelo novo coronavírus, que já infetou 1.813.065 pessoas na região, segundo dados oficiais.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nos 55 Estados-membros da organização registaram-se nas últimas 24 horas mais 10.714 casos de covid-19.

O número de recuperados é agora de 1.484.042, mais 8.145 do que na véspera.

O maior número de casos de infeção e de mortes regista-se na África Austral, com 812.176 infeções e 21.022 mortes por covid-19. Nesta região, a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza um total de 728.836 casos de infeção e 19.539 mortes.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, regista um total de 530.012 pessoas infetadas e 14.634 mortos e na África Oriental há 218.756 infetados e 4.029 vítimas mortais.

Na região da África Ocidental, o número de infeções é de 191.237, com 2.777 vítimas mortais, e a África Central regista 60.890 casos e 1.150 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 6.305 mortos e 108.122 infetados, seguindo-se Marrocos, que contabiliza 3.900 vítimas mortais e 229.565 casos de infeção.

A Argélia surge logo a seguir, com 58.979 infeções e 1.989 mortos.

Entre os seis países mais afetados estão também a Etiópia, que regista 97.502 casos de infeção e 1.494 vítimas mortais, e a Nigéria, com 63.173 infetados e 1.151 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique tem o maior número de casos.

Angola regista 291 óbitos e 11.577 casos, seguindo-se Cabo Verde (95 mortos e 8.944 casos), Moçambique (95 mortos e 13.202 casos), Guiné Equatorial (83 mortos e 5.089 casos), Guiné-Bissau (42 mortos e 2.414 casos) e São Tomé e Príncipe (16 mortos e 954 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos e mais de 46,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Podcast