África registou mais de 50 mil novos casos e 1.355 mortes em 24 horas, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

A mais recente atualização das estatísticas sobre a pandemia no continente, que esta semana têm registado um atraso de alguns dias, revela que, a 01 de janeiro (sexta-feira), os 55 estados membros da União Africana contabilizavam 2.785.548 de infeções (+56.946) e 66 145 mortes (+1.355).

0 número de recuperados no mesmo período foi de 36.750 para um total de 2.316.147.

A África Austral mantém-se como a região mais afetada, com 1.203.533 casos e 30.943 mortes.

Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, contabiliza um total de 1.073.887 infeções e 28.887 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais afetada pela pandemia, com 936.251 casos de infeção e 24.434 vítimas mortais.

A África Oriental regista 323.785 infeções e 6.003 mortos, na África Ocidental o número de infeções é de 246.230 e o de mortes ascende às 3.278, enquanto a África Central regista 75.749 casos e 1.487 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 7.687 mortos e 139.471 infetados, seguindo-se Marrocos, com 7.425 vítimas mortais e 440.970 infetados.

Entre os seis países mais afetados estão também a Tunísia, com 4.730 mortes e 140.557 infetados, a Argélia, com 2.762 óbitos e 99.897 casos, a Etiópia, com 1.937 vítimas mortais e 124.652 infeções, e o Quénia, com 1.681 óbitos e 96.614 infetados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Angola regista 407 óbitos e 17.608 casos, seguindo-se Moçambique (168 mortos e 18.968 casos), Cabo Verde (113 mortos e 11.883 casos), Guiné Equatorial (86 mortos e 5.264 casos), Guiné-Bissau (45 mortos e 2.446 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 1.014 casos), de acordo com dados compilados pela agência Lusa.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.827.565 mortos resultantes de mais de 83,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Praia Links

Outras Notícias

Mundo

Sociedade

Saúde

Desporto

Podcast