A Índia registou 1.133 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o total diário mais alto de sempre no país, voltando a ultrapassar as 75.000 infeções, de acordo com o Ministério da Saúde indiano.

O número de vítimas mortais desde o início da pandemia é agora de 72.775.

As autoridades indianas registaram também 75.809 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 4,3 milhões desde o início da epidemia, um dia depois de o país ter ultrapassado o Brasil, convertendo-se no segundo com mais infeções no mundo.

No último mês, a Índia registou o maior número de casos diários em todo o mundo.

A Índia é o segundo país do mundo com o maior número de infeções, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro com o maior número de mortos, precedida por aquele país e o Brasil.

A pandemia devastou a economia do país, com uma contração de perto de 24% no segundo trimestre, a pior queda entre as maiores economias mundiais.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 889.498 mortos e infetou mais de 27,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Notícias Regionais

Outras Notícias