A ENTA - Escola Novas Tecnologias dos Açores ficou classificada com o terceiro prémio no concurso nacional de tecnologia APPS for Good, no nível do ensino secundário.

“Este foi o melhor resultado obtido por uma escola açoriana neste projeto”, diz Sofia Ribeiro, Secretária Regional da Educação.

O Apps for Good é um programa educativo que “desafia alunos e professores a trabalharem em equipa e a criarem aplicações tecnológicas que desenvolvam as comunidades onde se inserem”.

A equipa constituída pelos alunos Bernardo Cabral, Diogo Branco, João Loura e Marco Medeiros, e orientada pelos professores Anabela Ferreira e Duarte Cota desenvolveu uma solução de administração de espaços comerciais “para melhorar a gestão do tempo e a sensação de segurança das pessoas”.

Através de “um sistema de semáforo”, a aplicação Safe Shop indica “se um determinado espaço comercial está com a capacidade lotada ou não”.

De acordo com a titular da pasta da Educação, neste programa, e ao logo do ano letivo, “através da metodologia de desenvolvimento de projeto, os alunos passam pelos aspetos principais de criação de um produto, desde o desenvolvimento da ideia, a viabilidade técnica, o design, a escolha do modelo de negócio, a divulgação e a construção do plano de marketing”.

PUB

CONTINUAR A LER

Nesta edição da competição participou ainda a Escola Básica e Secundária da Madalena, do Pico.

No ano letivo de 2020/2021 inscreveram-se, inicialmente, 13 escolas, “mas devido à pandemia, apenas as duas escolas desenvolveram o seu protótipo e participaram no encontro regional, que este ano, e à semelhança do ano anterior, decorreu em formato online”, no dia 8 de julho de 2021.

A fase nacional e final do programa decorreu no dia 29 de setembro, na Fundação Calouste Gulbekian, em Lisboa.

O Apps for Good é um programa internacional, sediado em Londres desde 2010, e que está em Portugal desde janeiro de 2015. No nosso país, o Apps for Good já desenvolveu mais de mil soluções tecnológicas, envolvendo 13 080 alunos e 1 133 professores portugueses.