A Neotalent, empresa do Grupo Novabase, desenvolveu uma plataforma que reforça o matching entre empresas e candidatos, e que pretende trazer “mais agilidade e transparência ao mercado de talento”.

A Neotalent, empresa do Grupo Novabase especializada em encontrar o melhor talento para as necessidades de negócio das empresas, anunciou ontem no Web Summit o desenvolvimento de uma nova plataforma de gestão e recrutamento de talento com recurso a Inteligência Artificial e Blockchain. O projeto resulta de uma parceria com o Iscte – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) e o Instituto Pedro Nunes (IPN), e é cofinanciado pelo Portugal 2020.

A plataforma insere-se num projeto da Neotalent que tem como objetivo digitalizar o mercado de talento e a interação entre os seus vários intervenientes, nomeadamente talentos, fornecedores de talento, clientes e gestores de talento.

Através de um conjunto de funcionalidades que recorrem a tecnologias nas áreas da Inteligência Artificial e Blockchain, a plataforma inclui funções de seleção, avaliação e recomendação de talento e de progressão de carreira, e um sistema de recolha, registo e salvaguarda de informação curricular, explica a empresa em comunicado.

“As empresas querem sempre os melhores profissionais e os profissionais querem as melhores propostas e empregos. Com o mercado de TI em permanente mudança, as empresas em pressão competitiva e o talento especializado sob assédio constante, como é que todas as partes conseguem cumprir com as suas expectativas? A chave é perceber qual é a cultura das empresas. Não raras vezes verificamos que um determinado profissional é tecnicamente excelente, mas não se adequa a uma determinada empresa. A chave passa por um conhecimento profundo do mercado de recrutamento, da cultura das empresas e por uma aposta forte nas técnicas de seleção. A tecnologia por detrás desta nova plataforma vai acelerar este processo”, explica Célia Vieira, CEO da Neotalent

A responsável afirmou ainda que “o processo de seleção, recrutamento e gestão utilizado atualmente por grande parte dos empregadores é falível, não tendo sofrido alterações ao longo do tempo, pelo que não está adaptado às necessidades atuais de mercado”.

A gerir negócio, pessoas e clientes há mais de 20 anos, a Neotalent foi ajustando ao longo dos anos a sua abordagem e oferta à evolução das tendências, do mercado e dos próprios profissionais. Com esta nova plataforma, a empresa quer continuar a criar as condições e o ambiente adequados para desenvolver profissionais altamente especializados e assegurar o melhor talento às organizações.