O Secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, inaugurou, hoje, o trilho que liga o Algar do Carvão às Furnas do Enxofre, com uma extensão de 6,6 quilómetros, em rota circular e totalmente inserido no Parque Natural da Ilha Terceira, integrado na Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies do Planalto Central e Costa Noroeste.

Este novo trilho resulta do trabalho efetuado pela equipa de operacionais da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas e permite uma ligação pedestre entre os Monumentos Naturais do Algar do Carvão e das Furnas do Enxofre, oferecendo magníficas vistas panorâmicas sobre diversas formações geológicas e geossítios, como a Caldeira Guilherme Moniz, o Pico Alto ou a Caldeira de Santa Bárbara e Mistérios Negros, possibilitando caminhar ao longo de manchas de floresta Laurissilva e de flora autóctone e ainda visitar o Campo Fumarólico das Furnas do Enxofre.

Este percurso pedestre permite também observar diversas zonas de restauro ecológico e paisagístico, nomeadamente áreas intervencionadas para erradicação da flora invasora, de plantações de flora endémica e de recuperação de turfeiras degradadas.

De acordo com Alonso Miguel “este percurso pedestre proporciona uma oportunidade excecional, do ponto de vista pedagógico, permitindo a quem o percorre observar os trabalhos de restauro ecológico levados a cabo pelo Governo Regional dos Açores”.

PUB

CONTINUAR A LER

Aliás, acrescentou o governante, “todas as estruturas do trilho foram feitas com madeira local, proveniente dos trabalhos de remoção de árvores exóticas, como o eucalipto, para restauro ecológico e paisagístico desta área”.

“Este é um trilho extraordinariamente rico ao nível da diversidade do património natural e ambiental, que vem enriquecer a rede de trilhos da ilha Terceira e dos Açores, reforçando a oferta em termos turísticos e, sobretudo, valorizando ainda mais a Região enquanto destino turístico de natureza”, concluiu o Secretário Regional.

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde