A Câmara Municipal da Praia da Vitória investiu cerca de 300 mil euros na reestruturação de infraestruturas de apoio às zonas balneares e melhoramento das mesmas, no âmbito da época balnear 2021.

De entre as intervenções de maior envergadura estão a reestruturação do bar e balneários afetos ao Abismo, na zona balnear dos Biscoitos (um investimento de 150 mil euros); a criação de bar e balneários de apoio à Calheta dos Lagadores e Fonte das Pombas, também na freguesia dos Biscoitos; e a construção de um muro de proteção contra derrocadas na zona balnear das Quatro Ribeiras.

Além das obras acima mencionadas, e considerando as intempéries ocorridas durante o período de inverno, as zonas balneares que integram o Concelho foram alvo de melhoramentos relacionados com a manutenção da segurança no que concerne às acessibilidades, circulação pedonal e reparação de solários.

Segundo Raquel Borges, vereadora da Câmara Municipal, “a valorização das zonas balneares do Concelho é uma das nossas principais prioridades enquanto autarquia, considerando a qualidade de vida dos munícipes e o reforço do bem-estar das pessoas que escolhem a Praia da Vitória como destino de verão, sendo estas também pontos de paragem e de veraneio para quem visita a nossa ilha”.

“A aposta na renovação de infraestruturas no Abismo, assim como a criação de novos espaços de apoio às águas balneares da Calheta dos Lagadores e Fonte das Pombas demonstra a diversidade da oferta a nível local. Em complemento, e não menos importante, está a beneficiação destes locais de veraneio que, anualmente, são alvo de obras, envolvendo também a Piscina Municipal da Caldeira das Lajes (em funcionamento todos os dias da semana, das 10h00 às 19h00), no sentido de garantir a segurança necessária aos banhistas”, sublinha a responsável municipal.

“Reafirmamos, novamente, este ano a qualidade das nossas zonas balneares, considerando que todas foram galardoadas com a Bandeira Azul da Europa e distinguidas com o galardão “Praia Qualidade de Ouro 2021. A excelência das nossas águas é reconhecida através do cumprimento de um conjunto de critérios rigorosos, algo que nos orgulha enquanto Município”, afirma a autarca.

Na Praia da Vitória são oito as zonas balneares galardoadas com a Bandeira Azul da Europa e o galardão “Praia Qualidade de Ouro 2021”, nomeadamente, a Zona Balnear dos Biscoitos, a Zona Balnear das Quatro Ribeiras, a Zona Balnear das Escaleiras – Vila Nova, a Praia Grande, a Prainha, Praia dos Sargentos e a Praia da Riviera – Baía da Praia da Vitória, e a Zona Balnear do Porto Martins. A Marina da Praia da Vitória detém igualmente a designação de qualidade da Bandeira Azul, mas na vertente de portos de recreio e marinas.

 PUB

CONTINUAR A LER

“Outra das nossas prioridades assenta na questão das acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida, pelo que entendemos ser de extrema importância a garantia, de igual forma, de todas as condições para quem frequenta estes locais”, destaca a edil praiense.

Importa salientar ainda que, para além dos galardões da Bandeira Azul da Europa e “Praia Qualidade de Ouro 2021”, as zonas balneares do Porto Martins, Biscoitos, Praia Grande e Praia da Riviera são zonas classificadas como “Praia Acessível”, isto é, são estâncias balneares com condições de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, disponibilizando equipamentos e infraestruturas específicas como acesso pedonal apropriado, estacionamento ordenado, passadeiras nos areais, sanitários adaptados, nadador-salvador e cadeiras anfíbias.

A responsável municipal salienta também o trabalho desenvolvido com o apoio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória (AHBVPV) na vertente da segurança das zonas balneares.

“O meu agradecimento à AHBVPV pelo apoio prestado no âmbito do bem mais precioso para todos nós que é a segurança. É fundamental garantirmos o bem-estar de todos durante a época balnear, salvaguardando a tranquilidade da população”, refere.

 

Praia da Vitória

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

STARTUPS

Outras Notícias

Saúde